Processo de escolha do local de realização do PI

Inicialmente o grupo, através de brainstorming, havia decidido analisar os números de vacinados para a COVID-19 para o Estado de São Paulo. Passada esta primeira reflexão, notou-se que o poder executivo da cidade de Lins (cidade onde se localiza o Polo do grupo), na visão do cidadão comum, não tinha transparência em relação ao número de doses usadas, nem qual faixa da população já havia sido vacinada, muito menos qual vacina havia sido aplicada. Para isto o grupo avaliou usou como fonte oficial do município, o site oficial da prefeitura de Lins, apesar da cidade ter um portal de transparência, tais dados não estão inseridos e atualizados no mesmo. No portal oficial só faz menção a casos confirmados, casos ativos, curados e casos descartados.

A partir disto, o grupo fez buscas em comunidades, em redes sociais e aplicativos, encontrando relatos, onde os integrantes do grupo se mostraram receptivos ao grupo e curiosos com o tema. Outras cidades também poderiam ser pesquisadas nesse mesmo sentido, ideia afastada já de início, pois a premissa inicial é estudar um município e como ele lida com as informações prestadas aos cidadãos.

Importante destacar, que o grupo, pesquisou a Lei 12.527/2011, também conhecida como LAI (Lei de Acesso à Informação) que regulamenta o direito de acesso às informações públicas, notando que em relação à lei, o município, não a cumpre em sua totalidade, pois a LAI exige proatividade dos órgãos na divulgação das informações, fato não constatado durante o processo de pesquisa e confecção do relatório.

Como a situação pandêmica exige isolamento social, o grupo usou como base da pesquisa grupos de rede social, exclusivos com moradores da cidade, e além de procurar só entrevistar cidadãos de Lins, também só usou dados de pessoas maiores de 18 anos (no momento, abaixo desta idade só pessoas com comorbidades e que possuam laudos conseguem acesso à vacinação, por este motivo, fixamos esta idade mínima) e que possuíssem Smartphones aptos a baixarem aplicativos, este último critério foi escolhido, pois como finalização do trabalho, o grupo irá criar um protótipo de aplicativo na qual o cidadão irá postar se tomou pelo menos uma dose da vacina, necessitando, portanto que o cidadão tenha um celular apto para baixar o aplicativo.

Busca no Site

No Internet Connection